quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

Amazônia e Cerrado registram em junho maior número de queimadas em 16 anos

No eixo amazônico, números representam cerca de quatro focos de incêndio por hora.

Ao longo dos 30 dias de junho deste ano, a Amazônia e o Cerrado brasileiro registraram o maior número de queimadas para o mês dos últimos 16 anos, de acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

O levantamento mostra que 3.075 focos de incêndio na Floresta Amazônica, número que só é menor do que os 3.519 contabilizados no mesmo mês de 2007.

Continua após a publicidade

Em comparação, o primeiro semestre deste ano também apresentou aumento em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo, foram 8.344 registros ante 7.533, em 2022, crescimento de 10% no bioma.

Leia também

O Cerrado brasileiro, por sua vez, cravou aumento significativo em junho. Em 2022, haviam sido 4.239 focos de incêndio. No mesmo mês deste ano foram 4.472 ocorrências, que representa uma alta de 5%.

Mais lidas

Você pode gostar

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Adicionar nova lista de reprodução